Um Aniversário com FairCoin

Aqueles de nós que realmente acreditam na FairCoop algumas vezes passam a impressão de que parecemos pregadores. Nós podemos nos tornar falantes monotemáticos, continuamente falando para os outros sobre nossas ideias e práticas alternativas. Um membro do futuro nodo de Écija (Espanha) calha de ser uma pessoa do FairCoop desse jeito e aqui nós descreveremos seu método para trazer mais pessoas para usar FairCoin. Ele ouviu sobre a possibilidade de trocar euros por tiquetes numa conversa no nodo de Albacete (Espanha) e começou a pensar sobre isso com um amigo. Os resultados estão descritos abaixo.

A celebração de aniversário de seu filho estava chegando. Então ele fez o que ele teria feito para qualquer aniversário convencional, o FairCooper comprou uma boa refeição para seus convidados e gastou o dinheiro que ele normalmente teria gasto.... Bem, dessa vez, ele fez um pouco mais. Mas só um pouco e o resultado valeu a pena.

A festa aconteceu num estabelecimento fechado gerido por ele mesmo e alguns amigos, La Granja, no qual aceita FAIR como pagamento de bebidas. Eles decidiram aproveitar a oportunidade para apresentar a FairCoin aos convidados do melhor jeito possível: através da prática. Então esse pai comprometido comprou alguns FairCoin a um preço baixo no mercado (consequentemente introduzindo eles na comunidade) e decidiu distribuí-los entre os convidados para que cada um pudesse comprar sua comida com FAIR. 

Tinha comida e bebida para 40 adultos e 20 crianças. Tudo estava precificado. Uma carteira foi aberta para cada convidado e o anfitrião deu FAIR suficiente que cada um pudesse comprar a porção correspondente: um hamburguer e 3 cervejas por adulto, um cachorro-quente e 2 refrigerantes por criança e um peço de bolo por cabeça.

A despeito de alguns problemas aprarentes com iPhones(não existe carteira Fair para iOS), cada casal tinha um membro com um smartphone, então as coisas transcorreram suavemente, Todos aprenderam como manipular a carteira sem qualquer problema, pagando através do QR que estava impresso num poster numa parede.

Tiveram alguns que gastaram tudo e alguns que tiveram FAIR sobrando. Foi feito explícito no início que esses FAIR não poderiam ser trocados por euros. Isso fez uma de nossos participantes, uma cabelereira que aceita FAIR, também recebeu novos agendamentos para cortar cabelo com as FairCois restantes.

O restante continuou em La Granja como recursos que agora eles podem usar para fazer outras coisas no futuro, como pagar uma banda para se apresentar lá ou talvez comprar algumas cervejas para seu bar, já que eles estão em contato com um produtor local de cerveja (Makako beer).

O que você acha dessa ideia? Se você tiver algum comentário sobre isso, por favor deixa um registro disso no fórum abaixo, onde nós deixamos um espaço para você deixar qualquer reflexão, ideia ou pensamento.

Link do Mapo

 

Brought to you by the multi-lingual FairCoop community. Visit the FairCoop main website or FairCoin. | CMS Login

To top